5 programas de fidelização de clientes para você implementar na sua empresa

Uma empresa precisa desembolsar entre 5 e 10 vezes mais recursos para adquirir outros clientes do que para manter os que já tem.

Além disso, um cliente fidelizado gasta aproximadamente 67% a mais do que os que chegaram agora. Sabendo disso, o que você está fazendo no momento para manter a fidelidade de seus clientes em relação a sua empresa?

A primeira coisa a pensar é na implementação de um Programa de Fidelidade. Além de incentivar a recompra, esses programas são uma forma de divulgar o seu negócio.

Entretanto, nem todos funcionam. É preciso cuidado para não investir dinheiro demais do jeito errado e ver seus clientes irem embora.

Um Programa de Fidelidade deve recompensar aqueles clientes que se mantêm, mas só funcionam de verdade se oferecerem algo de real valor para eles.

Estes são alguns programas de fidelização de clientes para você implementar na sua empresa.

1. Programas de pontos

Este é muito conhecido dos usuários de cartões de crédito e companhias aéreas. São para os clientes que utilizam apenas aquele cartão ou empresa para fazer suas viagens.

São uma ótima forma de fidelizar clientes, mas os benefícios devem ficar claros. Quantos pontos são necessários para cada recompensa? Quando os pontos expiram?

Se a sua loja for física, não deixe de solicitar aos caixas que eles avisem os clientes sobre o programa. Se for um e-commerce, divulgue a opção após a primeira compra ser confirmada.

É importante também que o cadastro seja fácil de lembrar. Pode ser por meio de um documento, como o CPF, ou por e-mail, por exemplo. Sempre que a pessoa realizar uma compra, basta que ela dê a informação para que pontue.

2. Brindes

Fidelização de clientes por meio de brindes também pode trazer muitos benefícios a sua empresa. Você pode oferecer o prêmio depois que a pessoa fizer a segunda compra do mês ou gastar determinado valor, por exemplo.

Evite oferecer brindes muito alheios ao seu tipo de negócio. Deve ser algo que já tenha a ver com o que você vende. Um exemplo é uma loja de maquiagem que presenteie com um conjunto de pincéis de viagem, que são menores.

Lembre-se de divulgar bem a possibilidade de ganhar brindes. Os vendedores precisam dar a opção do prêmio em todas as compras. Se o cliente já gastou 90 reais, e o brinde é para quem gasta mais de 100, ele pode oferecer algo que custe 10 reais mais o brinde.

O diferencial do brinde é que ele é uma premiação de curto prazo. Diferentemente dos pontos, o cliente ganha quase na hora.

Um não é melhor do que o outro. Tudo vai depender do seu tipo de negócio.

3. Taxa para benefícios VIP

Este item se destina aos negócios que enxerguem barreiras claras entre o cliente e sua compra. O caso mais famoso é o da Amazon, que se encontrava perdendo aproximadamente 75% das vendas no carrinho de compras do site.

Concluiu-se que o motivo do abandono era o preço do frete, que assustava as pessoas. Foi aí que surgiu o Amazon Prime, Programa VIP que cobra um valor anual e priva o assinante do frete. Pode ser bom para as duas partes.

Procure perceber quais são as inconveniências mais frequentes que seus clientes enfrentam na hora de comprar de você. Se não for possível removê-las, pense em criar um Programa de Fidelidade que cobre assinatura.

4. Empresas parceiras

Seus parceiros são o que mais fazem seu negócio crescer. Procure se aliar a outras empresas, sendo do mesmo segmento ou não, para desenvolver novos programas de fidelização de clientes.

Uma empresa que vende ração para cachorro, por exemplo, pode oferecer desconto para quem consulta seu pet na clínica parceira. Só procure deixar claro que é uma sugestão, e não uma “venda casada”.

Muitas companhias aéreas costumam oferecer descontos para quem reserva hospedagem em sites parceiros.

É bom para ambas as empresas, que se beneficiam com a divulgação, e para os clientes, que encontram facilidades e vantagens.

5. Jogos

Dependendo do estilo da sua empresa, o jogo pode ser uma forma descontraída de fidelizar clientes. Especialmente em datas comemorativas, como a do Dia dos Namorados.

O jogo pode ser simples. Um restaurante que sorteia comandas para ganhar sobremesas ou até mesmo um refrigerante é um ótimo exemplo.

Mas, assim como qualquer concurso, é preciso se assegurar que os clientes sabem das suas chances de ganhar. Não corra o risco de eles acharem que a empresa está “roubando” no jogo.

Tenha certeza de que tudo está sendo feito dentro da lei. Se estiver tudo certo, é uma chance de movimentar sua loja física, caso haja.

Viu quantas opções de programas de fidelização de clientes são possíveis? Para escolher, lembre-se de entender a fundo quais são os valores dos seus clientes. Nem sempre é uma questão financeira.

Clientes Apple, por exemplo, sempre vão comprar seus produtos. Não importam os descontos ou as condições específicas. A fidelização vem da qualidade do que a empresa oferece.

Você tem algum programa que dá certo no seu negócio? Divida nos comentários!

Quer ganhar uma consultoria em premiação? Fale conosco!

Tudo sobre eventos de Premiação

Post a Comment